Existe cristão não praticante?



Uma expressão que me incomodava muito quando criança (e ainda incomoda) era quando alguém afirmava que era "católico não praticante", eu simplesmente não conseguia entender como alguém podia ser de uma determinada religião e não praticá-la. Com o passar do tempo, eu ouvi essa expressão associada a outras religiões/denominações/ramos (não sei bem qual expressão utilizar para o que eu quero dizer) como "espírita não praticante" por exemplo. No meio evangélico, nós temos uma expressão similar para esse tipo de pessoa, é o famoso "crente esquenta banco", significa a mesma coisa com a única diferença é que o "crente esquenta banco'' seria o "evangélico não praticante" que vai a igreja todo domingo. Só que... religião é prática, não é?

Não posso falar pelas religiões que não conheço, mas posso afirmar que, quanto ao cristianismo, religião é prática sim. A salvação pode não ocorrer através das obras, mas as obras mostram que a fé está viva (Tg 2. 26) e as obras são justamente o cristianismo sendo colocado em prática. Ser cristão não é simplesmente acreditar que Deus existe ou que Deus é bom / Deus é amor e também não é apenas ir a igreja todo domingo. Ser cristão é se reconhecer pecador e aceitar Jesus como Senhor e Salvador, é amar a Deus e amar ao próximo, é viver segundo os ensinamentos de Jesus (Mt 7:24), ser cristão é dar bons frutos até porque Jesus mesmo diz que pelos frutos é que se reconhece quem o segue ou não (Mt 7:20). E não tem como um cristão simplesmente frutificar se ele não viver, não praticar o cristianismo.


Então, respondendo a pergunta que dá título a essa postagem: não existe cristão não praticante. Ou você é cristão ou não é e, se é, precisa praticar o cristianismo.

***

Gostou desse post? Então compartilhe! ;)

Comentários